Psicografia o que é e como receber

Psicografia é o ato de escrever o que é ditado por um espírito desencarnado para um médium com a capacidade de se comunicar com o plano espiritual(mundo espiritual).

Segundo Alan Kardec no livros dos médiuns a psicografia é o mais cômodo, simples e eficaz meio de comunicação com o mundo espiritual.

DESEJA RECEBER UMA CARTA PSICOGRAFADA?



Muita gente quer receber uma carta psicografada de ente querido, amigo, parente, pai ou mãe. E para isso é preciso saber como proceder para ter o resultado esperado.

A primeira coisa que se deve estar atento é que o telefone toca de lá para cá e não ao contrário. É o espírito que entra em contato com o médium e não o contrário.

Para ajudar você a receber uma carta psicografada daquela pessoa que tanto ama nós separamos um conteúdo completo de como proceder para aumentar ainda mais a sua chance.

 

AUTENTICIDADE DA PSICOGRAFIA

Um pesquisador da universidade estadual de londrina estudou 400 cartas psicografadas de Chico Xavier, usando as mesmas técnicas que são usadas para avaliar assinaturas de bancos, policias e poder judiciário.

 

O pesquisador comparou as letras das cartas psicografadas com as letras originais dos indivíduos antes da morte. E chegou à conclusão de que todas as psicografias têm autenticidade gráfica dos mortos.

 

COMO FUNCIONA A PSICOGRAFIA

Psicografia
Psicografia

No livro dos médiuns podemos encontrar tudo que precisamos saber sobre psicografia. É lá que os conceitos e estudos foram se aprimorando e chegou no que é hoje, graças a Alan Kardec.

A primeira coisa que você deve saber é que a psicografia é feita por um médium que recebe a mensagem do espírito por intermédio da troca de energias. Muitos pensam que o médium incorpora e na verdade não é isso que acontece.

Allan Kardec diz que a psicografia é forma mais cômoda, simples e eficaz. Apesar de ser bastante simples é preciso desenvolver a espiritualidade para alcançar esse nível de exatidão.

 

4 FORMAS DE PSICOGRAFIA

Os médiuns podem escrever de maneira diferente um dos outros que deu origem a uma classificação com os seguintes nomes.

 

Mecânico: o médium escreve com influência direta do espírito, e impulso que é maior que a sua própria vontade, que avança sem interrupção enquanto o espírito tiver alguma coisa a dizer. O médium fica totalmente sensível ao espírito. No Brasil, destaca-se o trabalho de Chico Xavier.

 

Intuitivo: o médium intuitivo age como um intérprete para transmitir o pensamento do espírito; por isso, precisa compreendê-lo, a fim de traduzi-lo fielmente. Esse pensamento, não é dele, mas passa através do seu cérebro. É exatamente esse o papel do médium intuitivo.

Semi-mecânico: o médium sente a mão impulsionada, sem que esta seja sua vontade, mas ao mesmo tempo tem consciência do que escreve, à medida que as palavras se formam. O pensamento aparece antes ou após da escrita. Também pode ocorrer ao mesmo tempo. Estes médiuns são os mais numerosos.

Inspirado: é o tipo de médium que recebe mensagens em estado de êxtase, comunicações mentais estranhas às suas ideias e o que os caracteriza é, sobretudo a espontaneidade e o caráter rico de informações como uma sinfonia, um livro, sem que seja músico ou escritor.

 

PSICOGRAFIA NO BRASIL

A psicografia existe há séculos, mas no Brasil ficou conhecida através de Chico Xavier que escreveu centenas de cartas e diversas pessoas se dizem ajudadas por elas.

Chico Xavier realizou um excelente trabalho, sua obra conta com mais de quatrocentos livros todos psicografados por ele. Um dos mais famosos livros é o “nosso lar”.

 

PSICOGRAFIA DE ESPÍRITOS

Existem diversos espíritos que não sabemos quando teve sua passagem pela terra, porém deixou diversos livros psicografados por diferentes médiuns.

Ramatis, por exemplo, é o nome atribuído por diversos médiuns a um espírito que seria o autor/inspirador de dezenas de obras escritas por eles.

 

A PSICOGRAFIA NOS TRIBUNAIS

Com o passar do tempo a psicografia foi ganhando credibilidade, muitos viram que de fato as cartas condiziam com a realidade que enfrentavam. Logo muitas cartas de pessoas que estavam envolvidas em crimes foram aparecendo.

Em pouco tempo a psicografia também estava sendo usada nos tribunais de justiça para solucionar crimes onde ninguém achava a resposta.

Houve diversos casos em que cartas psicografadas ajudaram investigadores a encontrar os culpados dos crimes.

 

COMO SE TORNAR UM MÉDIUM PSICÓGRAFO

Para se tornar um médium é preciso que você desenvolva a sua espiritualidade. Para isso procure um lugar que te auxilie nessa caminha e te conduza em um caminho de aprendizagem.

 

A arte da psicografia é aprimorada nos centros espíritas especializados. Procure um mais próximo de você e comece a desenvolver suas experiências espirituais.

Segundo Chico Xavier todos podem ser médium, basta desenvolver sua mediunidade e para isso é necessário ter ajuda de pessoas sérias e experientes no assunto.

Veja também os melhores livros espíritas que irão abrir a sua mente e fazer você enxergar o mundo de outra maneira, mais clara e mais ampla.

COMO E FEITA A PSICOGRAFIA

A psicografia é feita por intermédio de um médium que entra em comunicação com o espírito e recebe a mensagem que é transmitida.

Ao contrário do que muitos pensam, o médium não incorpora o espírito. A psicografia é realizada por trocas de energias.

Para receber uma carta psicografada é preciso estar atento as seguintes situações:

  1. Tempo desencarnado.
  2. Permissão superior.
  3. Preparo emocional (Você).

Além da psicografia de cartas existem médiuns que psicografaram livros inteiros, como no caso de Chico Xavier que escreveu o livro “nosso lar” e deixou um segredo psicografado para uma vida longa e saudável.